3 February 2015

dois euros :: two euros

image

Numa grande superfície de materiais de construção:

- Boa tarde, onde posso encontrar a espuma de poliuretano?
- Tem aqui mesmo estas latas em promoção.
- Hmmm. São muito grandes. Eu quero a mais pequena que tiver.
- As mais pequenas estão esgotadas. E são mais caras.
- Pois, mas eu vou usar muito pouco.
- Mas estas são mais baratas e gasta só o que quiser.
- Eu sei, mas eu só preciso mesmo de um bocadinho e depois o que faço ao resto?
{É que eu só preciso de uma esguichadela à volta do tubo da salamandra. O que raio vou eu fazer ao resto da espuma? Já não me chegava não encontrar uma solução mais ecológica, em Portugal...}
- Deita fora... Estas são mais baratas dois euros.
- Eu não faço esse raciocínio. Eu prefiro gastar mais dois euros e não contribuir para o desperdício de um produto.
- (pausa) E vai estar a gastar mais dois euros???
- Bem, obrigada... Boa tarde.
- Boa tarde...

Este é um exemplo dos diálogos que eu tenho quando vou às compras. Sou só eu a fazer este raciocínio? Não devo ser, porque as latas mais pequenas também estavam esgotadas na drogaria onde fui a seguir...

::

In a big construction materials store:

- Good afternoon, where can I find the polyurethane foam?
- You have right here these cans on sale.
- Hmmm. These are too big. I want the smallest you have.
- The smaller are sold out. And they're more expensive.
- Yeah, but I'll use just a small portion.
- But these are cheaper and you only spend what you want.
- I know, but I just really need a little bit and then what will I do with the rest?
{I really just need a small splash around the stovepipe. What the hell am I going to do with the rest of the foam? As if it isn't enough don't find, in Portugal, a greener solution ...}
- Throw out... These are two euros cheaper.
- That's not my logic. I'd rather spend two euros more and don't contribute to this product waste.
- (Pause) And will you be spending two euros more???
- Well, thank you... Good afternoon.
- Good afternoon...

This is an example of the dialogues that I have when I go shopping. Am I the only one with this logic? I don't think so, because the smaller cans were also sold out in the drugstore where I went later...




7 comments:

  1. Oh, não pude evitar rir-me com esta história trágico-cómica!
    Felizmente não és a única a pensar assim.

    ReplyDelete
  2. Como diria uma amiga minha "que cena" :)
    Infelizmente o típico comportamento das grandes superfícies.Produtos de maiores dimensões, ainda que mais baratos, têm maior rentabilidade. O chamariz do preço atrai, infelizmente, ainda muitas pessoas...é a combinação perfeita.
    Não interessa que se vai estragar e acabar desperdiçado no lixo...é por isso que sou grande defensora da venda a granel (ainda que não se aplique a todos os produtos...) Pagaríamos o que queremos! Sem embalagem...sem lixo...sem desperdício.
    Ainda temos um caminho longo pela frente, mas começa a haver alguma preocupação..
    Acho que já deu para perceber que concordo contigo ;)
    Desculpa o desabafo.... :)

    ReplyDelete
    Replies
    1. Não tens nada que pedir desculpa. É bom "ouvir" a opinião de quem está desse lado!
      Boa semana!

      Delete
  3. É uma questão de consciência... Que infelizmente, nem todos têm...

    ReplyDelete
    Replies
    1. Devagarinho as coisas vão mudando...

      Delete
  4. Transcrição de reflexões recentes na fila do supermercado:
    Qual a necessidade de embalar bananas?
    Porquê um saco para meter um ananás?
    Porque é que os frascos de doces têm etiquetas com cola tão poderosa que é impossível retirá-la para reutilizar e tenho de colar outra maior por cima?
    Porque é que as embalagens de plástico não permitem que se utilize o conteúdo todo até ao fim?...
    Enfim, é isto senhores.

    ReplyDelete