11 April 2018

balanço - primavera :: taking stock - spring

countryside life - home to be

Eu sei, eu sei. Estava tão entusiasmada em retomar este blogue e depois desapareço durante três meses...

Logo a seguir ao meu último post, o meu portátil começou a falhar-me. Uma a uma, as teclas deixaram de responder: primeiro o "s", depois o "e", o "w", ... Experimentem escrever sem "és" e "esses"!!!

Pesquisar - e pesar - as hipóteses: comprar um novo computador ou arranjar o actual ou ...
Decidir: comprar um teclado para acoplar ao (cada vez menos) portátil.
Recuperar o atraso no trabalho (que eu sou das que até no autocad gosta de usar comandos escritos...).
E, agora, voltar aqui para pôr a conversa em dia...

Para já deixo-vos o balanço que fui fazendo nos primeiros dias desta Primavera.

A fazer champô sólido (a ver se é desta que acerto na fórmula para o meu cabelo)
A (tentar) cozinhar em recipientes de barro
A beber infusão de limonete
A ler Justine, a primeira do Quarteto de Alexandria
A procurar inspiração para decorar casas pequenininhas
A querer importar a ideia das vendas de garagem (dava tanto jeito!). Importamos tanta coisa americana, esta - ao menos - seria útil
A olhar para os livros nas estantes e a perceber que isto de escolher livros para doar não está a ser tão fácil como pensava
A decidir o término da minha presença nas redes sociais (sim, que isto não é só decidir e fechar as contas…)
A desejar sermos escolhidos para a casa que gostávamos que fosse a nossa próxima (ainda à espera…)
A apreciar o grupo de mães e pais (e respectiva prole) que se está a formar aqui
A esperar que, de alguma forma, acontecimentos como este, mostrem às pessoas que temos que mudar a forma como vivemos neste planeta (que por acaso é o único que conhecemos que sustenta a nossa forma de vida…)
A gostar, cada vez mais, de estar com os amigos que fizemos, graças ao meu primeiro blogue
A sonhar e a planear um jardim
A adorar ter recomeçado a nadar
A ouvir as “escolhas” musicais da minha filha (deixo-a escolher os vinis que pomos a tocar, herança do meu pai). Ouço desde Bach a música de dança dos anos 70
A considerar uma grande roadtrip no verão
A ver (e a guardar, para mais tarde mostrar à Íris) curtas metragens para crianças
A pensar em como viver aqui ajuda a trabalhar a nossa paciência (principalmente a do Zé Manel): tudo demora muito mais tempo a concretizar-se
A maravilhar-me com a vista da nossa varanda
A precisar de novos atoalhados (até há uns anos, nunca tinha sequer imaginado que as toalhas tinham prazo de validade…)
A questionar (tantas vezes o faço) a sanidade mental de tantos exemplares (ditos) humanos
A cheirar os maciços de alecrim e alfazema que rodeiam  a nossa casa
A usar gorros e cachecóis, porque vivemos bem no alto da vila
A seguir a minha amiga Ana, que muito gosto de ler, e que voltou à blogosfera
A reparar que ser mãe me dá muita força para ser a melhor versão de mim mesma
A conhecer melhor a flora desta região
A admirar, na paisagem, os efeitos da abundância da água
A organizar os materiais que fui guardando ao longo de anos e que, agora, vão ser úteis para a Íris
A preparar o meu equipamento fotográfico, porque nos últimos meses (quase) só tenho fotografado com o telemóvel e estou com saudades da máquina
A comprar suculentas (encontrei um local com imensas variedades. Uma perdição!)
A não gostar do facto de ainda continuarmos a juntar muito plástico no balde da reciclagem
A abrir (e a arrumar) as últimas caixas (afinal, não vamos bater o recorde da última mudança, onde conseguimos colocar tudo no sítio em 2 meses)
A sentir muita impotência perante tantos atentados à vida humana
A cobiçar uns marcadores maravilhosos (mas não quero nada voltar a comprar marcadores – o plástico, o plástico, senhores)
A petiscar chips de legumes

Aqui podem ver os "balanços" anteriores.
Aqui têm uma lista em branco para copiarem e preencherem, se quiserem experimentar!

::

I know I know. I was so excited to get back to this blog and then I disappear for three months...

Just after my last post, my laptop started to fail me. One by one, the keys stop responding: first the "s", then the "e", the "w", ... Try to write without those keys!!!

Search - and weigh - the hypotheses: buy a new computer or arrange the current one or...
Decide: buy a keyboard to attach to the laptop.
Retrieve the delay in the work (because I'm one of those people that even in autocad like to use written commands...).

And now, coming back here to catch up...

For now, I'll leave you the taking stock that I made in the beginning of this spring.

Making solid shampoo (let’s see if this is the right formula for my hair)
(trying to) Cooking  in clay pots
Drinking lucia lima tea
Reading Justine, the first of The Alexandria Quartet
Searching for inspiration to decorate very little houses
Wanting to import the idea of garage sales. We imported so much american stuff, this - at least - would be useful
Looking at the books on the shelves and realizing that choosing books to give away it's not as easy as I thought
Deciding to end my presence on (some) social networks (yes, this is a process...)
Wishing to be the chosen ones to leave at the house that we want to be our next (still wainting…)
Enjoying the group of parents (and their respective offspring) that's being gathering around here
Waiting that somehow events like this one show people that we have to change the way we live on this planet (which happens to be the only one we know that sustains our form of life...)
Liking more and more, to be with the friends that we made, thanks to my first blog.
Wondering and planning a garden
Loving to have started swimming again
Listening my daughter's musical "choices" (I let her choose the vinyl’s we play, my father's inheritance). I've been listening since Bach to 70s dance music
Considering a big roadtrip in the summer
Watching (and saving to share with Iris later on) short movies for children
Thinking about how to live here helps to work our patience (especially Zé Manel’s): everything takes a lot more time to be done
Marvelling at the view from our balcony
Needing new towels (until a few years ago, I had never even imagined that towels had expiration date...)
Questioning (so often I do it) the sanity of so many human beings
Smelling the shrubs of rosemary and lavender that surround our house
Wearing caps and scarves, because we live high up in the village
Following my friend Ana, who I love to read, and who has returned to the blogosphere
Noticing that being a mother gives me a lot of strength to be the best version of myself
Knowing better the flora of this region
Admiring the abundance of water in the landscape,
Organizing the materials that I have been saving for years and that will be useful for Iris
Preparing my photographic equipment. In the last months I (almost) have only photographed with my phone and I miss the camera
Buying succulent (I found a place with huge varieties. A ruin!)
Disliking that we still have too much plastic in the recycling bin
Opening (and tidying up) the last boxes (after all, we're not going to beat the record of the last house move, where we put everything in order in 2 months)
Feeling a lot of impotence in the face of so many attacks on human life
Coveting marvelous markers (but I don’t want to go back and start to buying markers again - the plastic, the plastic, my friends…)
Snacking vegetables chips

Here you can see the previous "taking stock".
Here you have a blank list to copy and fill if you want to try it!

6 comments:

  1. "A esperar, que de alguma forma, acontecimentos como este..." Cada vez mais sinto uma enorme trsiteza por tudo... vamos a um ritmo freneticamente imparável, só consumimos, destruimos, poluimos... e tudo pela ambição! As vezes só me apetecia poder mudar de mundo, ou que então acontecesse algo que tivéssemos que andar uns 70 anos para atras em td o q se refere ao estilo de vida!

    ReplyDelete
    Replies
    1. Querida, eu compreendo-te, já estive aí! Mas tu podes mudar, não de mundo, mas a maneira como estás neste mundo!

      Delete
  2. Bem vinda de regresso. Adoro ler os teus acontecimentos., sentimentos e emoções

    ReplyDelete
    Replies
    1. Obrigada pelo carinho, Anita!

      Delete
  3. Ema, já tinha escrito enorme comentário quando um "erro inesperado" (e eu que me esqueci de fazer o clássico control c antes de clicar publish...) apagou tudo! E eu, já cheia de sono, fui dormir :) Então... essa road trip, quero muito!! E obrigada pela menção, escrevo para pessoas como tu. Boa noite aí para o campo <3

    ReplyDelete
    Replies
    1. Eh, eh!!! Também já me aconteceu!
      Estamos a trabalhar nisso ;)
      Beijinho bom!

      Delete